Blog de divulgação da V Maratona de Monólogos de Canela, edição 2015, com objetivo de integração e oportunidade de congraçamento e aprendizagem da classe teatral na Serra Gaúcha, um grande encontro fomentando o intercâmbio e buscando aprimoramento técnico.

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Inscrições Abertas para V Maratona

Estão abertas as inscrições para a V Maratona de Monólogos de Canela que acontecerá de 21 a 26 de setembro de 2015.

REGULAMENTO
Monólogo (do grego mono, uno; e logo, palavra) Discurso emitido por uma só pessoa.Há dois tipos básicos de monólogos no teatro:
Monólogo exterior: Quando o ator fala para outra pessoa que não está no palco ou para a audiência.
Monólogo interior: É um discurso não pronunciado em que o narrador expõe questões de cunho introspectivo, revelando motivações interiores. Pode ser direto ou indireto, quando narrado em primeira ou terceira pessoa, respectivamente. Ao contrário do monólogo interior, o solilóquio é um discurso pronunciado, tendo assim a necessidade de ser mais bem estruturado e articulado que o monólogo interior.
Mais resumidamente, um monólogo é a expressão própria de um autor sobre um texto na atualidade.

ARTIGO I – Poderão participar da V MARATONA DE MONÓLOGOS DE CANELA, grupos de teatro de todo o Estado, com até uma (01) apresentação por categoria:
a)        CATEGORIA I - PROFISSIONAL (Atores que vivem do teatro e que tem nele sua profissão e/ou fazem teatro há pelo menos 5 anos);
b)        CATEGORIA II – INICIANTES (Estudantes e iniciantes na arte de representar com pouco tempo de atividade teatral)
Parágrafo Primeiro – Cada grupo terá 10 (dez) minutos para montagem do cenário e iluminação e 25 (vinte e cinco) minutos, no máximo, e 15 minutos no mínimo para apresentação do seu monólogo. O grupo que ultrapassar o tempo estipulado para o espetáculo não receberá indicações pelo júri oficial.
Parágrafo Segundo –Para cada noite da maratona acontecerão no máximo 4 monólogos concorrentes.
Parágrafo Terceiro – Havendo excesso de inscrições que ultrapassem a carga horária disponível na maratona, os promotores farão uma seleção dos monólogos por qualidadee histórico do grupo, comunicando posteriormente os indicados.
Parágrafo Quarto – Os monólogos vencedores de um mesmo grupo em até duas edições passadas, não poderão concorrer.
Parágrafo Quinto – Os monólogos concorrentes farão suas apresentações no Teatro Casa de Pedra (capacidade de 200 lugares) e no Espaço Nydia Guimarães junto a Fundação Cultural em Canela (capacidade de 60 pessoas)
ARTIGO II – Serão abertas inscrições para as duas categorias do festival, sendo que as premiações estão especificadas no artigo XI;
Parágrafo Único - Não havendo a quantidade mínima de duas inscrições na categoria, estes concorrerão normalmente aos prêmios da maratona nas demais categorias.
ARTIGO III – Os horários das apresentações iniciarão sempre às 19h
Parágrafo Primeiro – Após cada sessão da Maratona, acontecerão debates técnicos entre a comissão julgadora, os atores e o público em geral, sendo obrigatório a permanência ..
ARTIGO IV – Os grupos interessados poderão retirar o Regulamento e Ficha de Inscrição da Maratona, a partir do dia 10 de junho de 2015 na seguinte forma:
a)        Solicitar por telefone, pelo nº (54) 3282.9503 ou (54) 8104.4404 com Lisi Berti;
b)        Solicitar por e-mail: lisiberti@gmail.com
ARTIGO V – As inscrições para a V MARATONA DE MONÓLOGOS DE CANELA estarão abertas no período de 10 de junho a 10 de julho de 2015, impreterivelmente.
ARTIGO VI –Após ser selecionado, o ator/atriz deverá pagar uma taxa de inscrição no valor de R$ 80,00 na conta do Banco do Brasil:
            LISIANE SILVEIRA BERTI
            Agência: 0698-X
            Conta: 17.128-X
O valor da inscrição será revertido para uma ajuda de custo aos monólogos vencedores. Os monólogos, só serão considerados oficialmente inscritos na maratona após o pagamento da taxa.  Os monólogos que forem eliminados da Maratona ou não se apresentarem no dia e hora marcada, por força maior ou desistência, não terão direito a reembolso do valor da taxa de inscrição.
ARTIGO VII – Documentos necessários para a inscrição:
a)        Uma  cópia do texto;
b)        Fotos do espetáculo para divulgação em jornais, revistas e redes sociais;
c)         Plano de luz básico; (Sob pena de apenas luz geral para o espetáculo se não entregue no ato da inscrição)
d)        Ficha de inscrição completa e digitada;
e) Gravação do monólogo com pelo menos 15minutos (postar no youtube, vimeo ou outros...);
Obs.: Não serão aceitas fichas preenchidas a mão.

ARTIGO VIII – Cada monólogo terá a sua disposição uma hora para ensaio e afinação de luz, no dia de sua apresentação.  Os horários para ensaios serão divididos da seguinte forma:
•          Das 14h às 15h – 4º Monólogo a se apresentar na noite;
•          Das 15h às 16h – 3º Monólogo a se apresentar na noite;
•          Das 16h às 17h – 2º Monólogo a se apresentar na noite;
•          Das 17h às 18h – 1º Monólogo a se apresentar na noite.
Parágrafo Primeiro – Os horários só poderão ser modificados sob autorização da organização da maratona.
Parágrafo Segundo –Assim que cada ator/atriz encerrar seu tempo de ensaio deverá liberar o palco do teatro dentro do horário previsto no artigo VIII.
Parágrafo Terceiro – Uma vez confirmado o horário do ensaio junto a organização os atores tem a obrigação de cumprir o mesmo.
Parágrafo Quarto – Não poderão concorrer na maratona atores que estejam trabalhando na produção do evento.
ARTIGO IX – Todos os participantes da Maratona, oficialmente inscritos, receberão credenciais para o acesso livre aos teatros
ARTIGO X – Todos os participantes da Maratona oficialmente inscritos, receberão certificados de participação;
ARTIGO XI –            Serão premiados com troféus:
a)        Melhor Monólogo (de cada Categoria)
b)        Melhor Ator e Melhor Atriz; (de cada categoria)
d)        Melhor Texto Inédito; (de cada categoria)
f)         Melhor Espetáculo escolhido pelo Júri Popular;
g)        Prêmio Especial do Júri (entre as duas categorias)

ARTIGO XII – Os Melhores Monólogos de cada categoria e o Melhor Monólogo do Júri Popular receberão prêmio auxilio montagem em dinheiro.

         Melhor Monólogo Categoria I                                        R$ 400,00
         Melhor Monólogo Categoria II)                                    R$ 400,00
         Melhor Espetáculo (Júri Popular)                             R$ 200,00

ARTIGO XIII – A Comissão Julgadora será constituída por pessoas de Cultura Teatral escolhida pelos Promotores.
ARTIGO XIV – Não caberá qualquer recurso das decisões da Comissão Julgadora.
ARTIGO XV – Os atores poderão vender ingressos antecipados, recebendo como apoio 20% (vinte por cento) sobre os ingressos vendidos. Grupos de escolas e participantes de oficinas terão descontos especiais.
Parágrafo Único – A arrecadação da bilheteria será creditada aos promotores, para cobertura de despesas com o Festival.
ARTIGO XVI – O transporte é de responsabilidade dos grupos participantes.
ARTIGO XVII – A iluminação e som serão os disponíveis no Teatro. Os espetáculos serão agrupados por sessão, observando-se o plano de luz e cenário, facilitando assim a afinação do material técnico dentro do tempo limite estipulado no Artigo I, Parágrafo Primeiro.
ARTIGO XVIII – Caso um monólogo não se apresente no dia e horário estipulados pela Comissão Organizadora, esta será desclassificada automaticamente da Maratona, não havendo ressarcimento do valor da taxa de inscrição. Além disso, os grupos posteriores deverão adiantar o horário da sua apresentação, se de comum acordo do grupo e da Equipe Organizadora.   
Obs.: Não serão permitidos filmagens nem fotos com flashes no festival.
ARTIGO XX – Os casos omissos neste regulamento serão resolvidos pelos promotores.

Lisiane Berti


domingo, 20 de julho de 2014

FOTOS DA PREMIAÇÃO 2014 parte I


E o clima de emoção e descontração encerrou a premiação da maratona de monólogos.
Agradecemos a todos os nossos apoiadores, equipe de trabalho, jurados, alunos e público que prestigiou o evento.

Melhor Atriz Categoria I - Silvana Grade com Rita Gil
Melhor Atriz e Melhor Monólogo Categoria II - Rosane Warken por
" Vida É Sonho"
Prêmio de Estímulo à Pesquisa para Jonatas Brasil por "Pinter Ia"

Melhor Ator Categoria I - Luciano Souza com Alberto Lozada

Melhor Monólogo Categoria I - "Monólogo da Mal Humorada"
com Núbia Gallas









sexta-feira, 18 de julho de 2014

PREMIADOS DA MARATONA 2014

E os premiados da IV Maratona de Monólogos de Canela e Gramado são:

CATEGORIA I - ESTUDANTES

1 - Melhor Atriz
Indicadas: Ana Alves de "A Morte por Ela Mesma" e Silvana Grade por "Ainda Existem Flores no Jardim"
Vencedora: SILVANA GRADE

2 - Melhor Ator
Indicados: Luciano Souza por "O Grande Doutor Jorge" e Eduardo Rohden de "Monólogo da Minha Vida"
Vencedor: LUCIANO SOUZA

3 - Melhor Monólogo
Indicados: "Monólogo da Mal Humorada" e "Ainda Existem Flores no Jardim"
Vencedor: "MONOLOGO DA MAL HUMORADA" DE NÚBIA GALLAS

CATEGORIA II - AMADOR

1 - Melhor Atriz: ROSANE WARKEN DE "A VIDA É SONHO"

2 - Melhor Ator: o júri não premiou essa categoria

3 - Prêmio de Incentivo à Pesquisa : JONATAS BRASIL POR "PINTER IA" (quesito criado pelo júri)

4 - Melhor Monólogo Categoria II: "A VIDA É SONHO" DE ROSANE WARKEN

5 - Melhor Texto ou Roteiro Original: 
Indicados: "A Morte por Ela Mesma" de Ana Alves , "O Que eu Disse?" de Odarlan Mapelli e "O Grande Doutor Jorge" de Luciano Souza
Vencedor: ANA ALVES POR "A MORTE POR ELA MESMA"

6 - MELHOR MONÓLOGO JURI POPULAR
Indicados: "A Morte por Ela Mesma", "Monólogo da Mal Humorada" e "Monólogo da Minha Vida"
Vencedor: "A MORTE POR ELA MESMA" DE ANA ALVES

quinta-feira, 17 de julho de 2014

CONCORRENTES DE QUINTA-FEIRA

E hoje segue a programação com os concorrentes da Maratona no Teatro Casa de Pedra a partir das 19h30min.

Pinter Ia - texto e atuação de Jonatas Brasil
Sinopse: Pinter, autor do absurdo, mostra seus personagens da vida real, em momentos de realidades pelas quais todos podemos passar, mas sua linguagem é lúdica e a plástica das suas histórias é plena em extravagâncias de momentos, causando impacto para quem assiste, emocionando de maneira vivaz a todos que se perceberem na situação demonstrada na cena.

Alice - adaptação da obra de Lewis Carrol por Lisiane Berti com atuação de Mila Graziola
Sinopse: um releitura do clássico "Alice no País das Maravilhas" em nossos dias.






O que eu disse? - texto e atuação Odarlan Mapelli
Sinopse: Divagações de um jovem rapaz com déficit de atenção.
Amílcar pensa na vida, nos amigos, nos amores, nas músicas preferidas, nos seus sonhos, na padaria, nas garrafas de refrigerante, nas vacas e na vontade de dormir.
Por querer pensar em tudo, leva a vida sem pensar em nada.






Maldito Coração, me alegra que tu sofras - texto de Vera Karan com atuação de Edelweiss Ramos
Sinopse: Uma mulher. Uma história. Um único amor.





As Mortas são Lindas - adaptação de Lisiane Berti da obra "Decote" de Daniel Herz com atuação de Paula Lovato
Sinopse: O tão esperado dia do casamento. Um sonho realizado ou um o presságio de uma tragédia?




O que te move? - texto e atuação de Lígia Fagundes
Sinopse: Quem você é? O que você quer? Com quem você anda? Afinal, o que te move?

quarta-feira, 16 de julho de 2014

CONCORRENTES DE QUARTA

E hoje, quarta-feira no Teatro Casa de Pedra em Canela, a partir das 19h30min teremos os seguintes concorrentes:


A Morte por Ela Mesma - texto e atuação de Ana Alves
Sinopse: E quando a "Morte" senta com a gente, toma um drink e fala de seus problemas? 









 





Vamos Falar Francamente? - texto de Vicente Pereira com atuação de Gabriela Salvi
Sinopse: Luci faz compania a sua amiga muito doente Marluce, mas é o tipo de pessoa que jamais poderia fazer compania a alguém à beira da morte.





O Monólogo da Mal Humorada - texto de Luciana Penteado com atuação de Núbia Gallas.
Sinopse: Uma pessoa mal humorada por natureza enfrentando um "dia daqueles" desabafando para o seu próprio espelho dentro desse cotidiano de irritação.






  






Toda Nudez Será Castigada - adaptação da obra de Nelson Rodrigues com atuação de Tânia Limberger
Sinopse: Ela era uma mulher honesta, muito honesta...





A Vida é Sonho - adaptação da obra de Calderón de La Barca com atuação de Rosane Warken
Sinopse: Segismundo sai da torre do castelo de onde foi prisioneiro a vida toda e questiona que crime cometeu para não ter a tão sonhada liberdade.

terça-feira, 15 de julho de 2014

CONCORRENTES DE TERÇA-FEIRA

E segue a programação da maratona. Hoje terça-feira vai rolar no Teatro Elisabeth Rosnfeld:

Monólogo Convidado: "Sonhos de Plástico" com texto e atuação de Marcelo Wasen.
Monólogo vencedor do prêmio de Melhor Ator na categoria II da Maratona 2013.















MONÓLOGOS CONCORRENTES:

Ainda Existem Flores no Jardim -  texto de Paulo Sacaldassy com atuação de Silvana Grade.
Sinopse: Uma mulher, um único sonho de que seus filhos venham lhe buscar, a esperança de tudo voltar a ser como antes...será que ainda existem flores no jardim?

Crônicas de Uma Mulher - com atuação de Alana Scheneider e autor desconhecido.Sinopse: Uma hilária situação nos é mostrada na fila feminina de um banheiro público.
Ida ao Teatro - adaptação do texto de Karl Valentim com interpretação de Martina Belotto. Seguindo a linha teatro do absurdo o vemos em cena um casal, arrumando-se para ir ao teatro após ganharem ingresso da vizinha
O Monólogo da Minha Vida - adaptação do texto de Douglas Moreira com atuação de Eduardo Rohden. Sinopse: A história de um rapaz comum que ficou cego e paraplégico após um acidente de carro.

Ingressos: R$ 15,00 na bilheteria do teatro


domingo, 13 de julho de 2014

CONCORRENTES DE SEGUNDA

E COMEÇA MAIS UMA MARATONA DE MONÓLOGOS.

Nesta segunda-feira dia 14 de julho no Teatro Elisabeth Rosenfeld em Gramado vamos dar início a mais uma Maratona de Monólogos de Canela e Gramado.
Este ano abre o evento a Papalote Azul Agrupación Artística de Bogotá/ Colômbia com "Susurro de Ternura" com o ator Alberto Lozada.
Logo em seguida teremos os três primeiros concorrentes da maratona, confira!





O primeiro concorrente da noite é Gustavo Freitas com o monólogo "Alô?!..." de sua autoria. O que fazer quando a saudade aperta? Ligar? Sentir? Ou deixar o silêncio falar por nós dois?




O segundo monólogo da noite é "Falando com Deus" de Maria Luiza Campos, que fala de uma mulher cansada de tudo, que decide falar com Deus para ver se ele resolve alguma coisa. Texto de sua autoria.







E o último monólogo concorrente da segunda-feira é "O Grande Doutor Jorge" com texto e atuação de Luciano Souza. O que fazer quando você tem um sonho? Um grande sonho de ser médico desde a sua infância?














Logo em seguida haverá bate papo com os jurados e plateia convidada.
Ingressos: R$ 15,00 somente no local
Participe! Prestigie o que se faz de arte por aqui!!